sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Turma da Mônica

Além de diversão, “Turma da Mônica” oferece reflexão sobre o mundo em que vivemos

A exibição da “Turma da Mônica” na TV aberta não é uma conquista de Mauricio de Sousa. Os personagens têm produtos licenciados em mais de 40 países, entre eles Estados Unidos, Itália, Indonésia e Espanha. O sucesso comercial já é uma realidade. A chegada da animação dos personagens mais famosos dos quadrinhos brasileiros oferece aos telespectadores, além de diversão, um momento de reflexão sobre o mundo em que vivemos.

Há quem veja na “Turma da Mônica” um mau exemplo para as crianças. A intolerante e irritante turma do politicamente correto critica a violência da Mônica, a gula de Magali, os erros de pronúncia de Cebolinha e a aversão ao banho de Cascão. Estes chatos encontram nos personagens exemplos de bullying, prática que da noite para o dia se tornou caso de saúde pública, sendo que isso sempre existiu e serviu até mesmo como rito de passagem para muitos.

De nada adianta colocar nossas crianças em redomas de vidro e falsas fortalezas que são facilmente corroídas pela violência e pelas drogas. Repare sempre na presença dos pais nas histórias da “Turma da Mônica”, seja com gestos de atenção e carinho, seja com punições e puxões de orelha quando necessários. Isso em nada lembra os pais contemporâneos, que negligenciam a educação de seus filhos para babás, escolas e dezenas de atividades extracurriculares que os privam da liberdade e do livre arbítrio.

Em vez de pega-pega, esconde-esconde, futebol, vôlei e outras atividades ao ar livre, as crianças vivem encarceradas em condomínios e shoppings. A turma da rua se foi. Certamente, alguns pais se defendem com o argumento da sociedade violenta. Pois se convivemos em um ambiente agressivo, onde predomina a competição selvagem e o egoísmo, somos nós os responsáveis por isso. Somos a geração anterior que entregou isso aos nossos filhos.

Agora, nos resta assistir às animações da “Turma da Mônica” como algo idílico e quase inalcançável, pois tomou de nossas crianças o direito de serem briguentas, comilonas, falar errado e fugir do banho eventualmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MINHA SALA

MINHA SALA
UM AMBIENTE ALFABETIZADOR

abcdário do Maurício

abcdário do  Maurício

Mural do projeto da Creche Mãe Du

Mural  do projeto da Creche Mãe Du

lembrancinhas para dia da criança

lembrancinhas para dia da criança
pote goloseimas

ARTES DA TIA UILMA

ARTES DA TIA UILMA
pasta de estágio que fiz para uma amiga

teatro

teatro
fiz para contar a historia das partes de uma planta

as partes da planta

as partes da planta
a historia encontrei na net

ESSAS CAIXAS RETIREI A IDÈIA DO BLOG E.V.A CAIXAS E LEMBRANÇINHAS

CADERNO DE ATIVIDADES DOS ALUNOS

aniversariantesTodos ficaram umas graçinhas

calendario

mais artesanato

mais artesanato
pasta que fiz para minha colega

este e o meu calendario para minha sala